quarta-feira, Junho 24, 2009

Luis Pato Vinha Formal 2004

100% casta BICAL de vinhas plantadas em solo argilo-calcário na encosta de Óis do Bairro, virada ao Buçaco. Mosto obtido por ligeira prensagem, decantado a frio e posteriormente fermentado em pipos de carvalho novo Allier.

É assim que Luis Pato resume o Vinha Formal no seu site www.luispato.com
Luis Pato assume que o Vinha Formal é um branco que permite longa guarda, onde o seu primeiro exemplar, o Vinha Formal 1998 ainda se encontra num excelente estado. Já tive oportunidade de provar o 98, achei-o muito bem evoluído e mais que pronto para dar prazer.

Encontrei algumas garrafas do 2004 e a vontade de lhe sentir o pulso foi mais que óbvia.
Nariz muito elegante e distinto com notas de aniz, cravinho e muitas especiarias doces. Com uma complexidade e austeridade notável, mineral q.b.. Aparece num ápice a baunilha, mas sem ser aquelas notas enjoativas que muitas vezes nos rodeiam. Cheira mesmo a vagem de baunilha, pura, uma delícia. Com o tempo no copo as notas de lima e laranja começam a surgir. Um aroma fantástico, sedutor e ao nível dos grandes brancos do mundo. Para mim está no ponto perfeito.

Na boca surge o choque. Quando esperava um branco ligeiramente adocicado e redondo eis que aparece um branco austero, duro, seco e com uma acidez para dar e vender. A boca desmente o nariz, dizendo que ainda temos vinho para guardar. Final de boca muito longo, onde a madeira apoia toda esta força, esta garra e o amacia ligeiramente. Grande, grande branco já com 5 anos.
Esta garrafa foi sem dúvida o melhor Formal que já provei. Os meus parabéns ao grande Luís Pato.

Nota 18

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.