quarta-feira, Junho 24, 2009

Raya 2006

Com quantidades muito limitadas (2600 garrafas), vindo de Cebolais de Cima, ainda na região das Beiras, mas quase quase colado ao norte Alentejano é produzido o Raya pela Sociedade Agrícola Horta de Gonçalpares.

Quase preto no copo, ruby muito escuro.
Nariz muito focado no fruto preto, muito extraído. Algumas notas de borracha e ligeiros toques que deixam a touriga saltar um pouco. Menta, químicos e rebuçados flocos de neve. O nariz acaba por ser um pouco excessivo demais na dose de fruto presente.

A boca acaba por surpreender, pois o vinho não embala num caldo de fruto, pois tem uma frescura bem presente, graças à boa acidez e a um perfil vegetal e taninoso, encorpado mas dócil.
O final de boca volta ao fruto, com alguns toques de café. A barrica está escondida no perfil do vinho. Faz-me pensar que um pouco mais de barrica presente e uma menor extracção poderiamos ter um vinho muito interessante, pois está cá tudo. Boa fruta, boa acidez, boa estrutura, bons taninos...
É sem dúvida um vinho para guardar em cave no médio prazo, 3 a 4 anos.

Nota 16
Preço 12 euros

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.