sexta-feira, março 02, 2007

Vinho Português Parkerizado?

Há uns tempos, o país vinícola abanou...
Não se tratou de nenhuma réplica de um sismo, mas a notícia da chegada de um "Wine Taster", Mark Squires, do grupo Robert Parker ( talvez o nariz mais independente e afinado do mundo, pelo menos é o que consta ) com o objectivo de provar o vinho Português.

Pelos vistos, as ondas negativas que se geraram não foram assim tão importantes, pois os produtores não tiveram tempo de fazer vinho à moda americana ( com as castas que eles tanto gostam, com as maturações excessivas, ao estilo novo mundo), e os resultados foram simplesmente os seguintes...

Vinhos acima de 90 ( Mark Squires para já provou só quase Douro's):

2003 Quinta do Crasto Vinha Maria Teresa 96
2004 Quinta do Crasto Vinha Da Ponte 95
2001 Quinta do Crasto Vinha Maria Teresa 95
2004 Batuta 95
2004 Abandonado 95
2000 Quinta Do Fojo 95
2000 Quinta Da Manuela 94
2005 Redoma Reserva Branco 94
2004 Curriculum Vitae 94
2004 Quinta do Crasto Reserva Old Vines 94
2003 Duas Quintas Reserva Especial 94
1999 Barca Velha
94
1994 Reserva Ferreirinha 93
2004 Quinta do Vale Meao Tinto 93
2003 Quinta do Crasto Reserva Old Vines 93
2003 Quinta do Crasto Tinta Roriz 93
2000 Quinta do Crasto Vinha Da Ponte 93
2004 Chryseia 93
2004 Quinta Vale D Maria 93
2003 Curriculum Vitae
93
2004 Charme 93
2004 Redoma 92
2005 Redoma Branco 92
2003 Casa de Casal de Loivos 92
2001 Domingos Alves de Sousa Grande Escolha
92
2003 Cortes de Cima Reserva 92
2000 Quinta Da Gaivosa 92
2004 Poeira 92
2003 Chryseia 92
2004 Quinta do Crasto Touriga Nacional 92
2003 Quinta Do Vallado Reserva 92
2004 Duas Quintas Reserva Especial 92
1989 Reserva Ferreirinha 92
2003 Xisto 92
2003 Quinta Da Leda 92
2003 Pintas 92
2000 Carm Cm 91
2004 Carm Grande Reserva 91
2003 Quinta de San Joanne Escolha
91
2000 Quinta Da Leda 91
2003 Duas Quintas Reserva 91
2003 Quinta Do Portal Auru 91
2004 Dorado 91
2002 Quinta do Crasto Reserva Old Vines 91
2004 Casa de Casal de Loivos 91
2003 Quinta Vale D Maria 91
2003 Lavradores de Feitoria Grande Escolha 91
1999 Vinha Do Fojo 90
2003 Dona Maria Reserva 90
2004 Herdade de Malhadinha Nova
90
2003 Marques de Borba Reserva
90
2003 Domingos Alves de Sousa Quinta Da Gaivosa 90
2003 Domingos Alves de Sousa Reserva Pessoal 90
2004 Incognito 90
2004 Quinta Dos Quatro Ventos 90
2004 Quinta Da Terrugem 90
2002 Quinta Da Terrugem 90
2003 Quinta do Crasto
90
2003 Quinta Do Portal Grande Reserva 90
2002 Quinta de Roriz Reserva 90
2004 Quinta de la Rosa Reserve 90
2005 Quinta de Covela Escolha Branco 90
2001 Casa de Santar Touriga Nacional
90
2001 Casa de Santar Reserva
90
2004 Quinta Da Leda 90
1998 Colheita Ferreirinha 90
2003 Vinha de Mazouco Reserva
90
2004 Duas Quintas Reserva 90
2003 Carm Reserva 90


Que dizer?
Estamos em grande?

As tais castas "esquisitas" que o Douro tem não têm potencial?
É que neste primeiro relato só quase vejo vinhos do Douro!
Parece-me que o Sr. Mark Squires não diria o mesmo agora na entrevista que deu à Blue Wine...

Parabéns a todos os vinhos com estas magníficas pontuações.

4 comentários:

  1. Carlos Faria4:37 da manhã

    Sem dúvida que somos grandes!
    Antes de mais parabens pelo teu blog e pelo teu interesse/prazer pelo mundo do vinho. Sou pouco mais velho que tu (tenho 25 anos) e partilho do mesmo interesse e sei que não somos muitos, mas somos cada vez mais...
    Pessoalmente sou contra estes criticos mediáticos de vinhos. Não percebo a razão da opinião deles sobre qualquer vinho ser mais importante do que a minha ou a do que a tua... São simplesmente opiniões que influenciam a naturalidade do mercado deste sector. A prova disso é que por vezes assistimos a disparidades enormes entre o mesmo vinho em artigos diferentes. A critica deve ser usada como opinião informativa, mas considero encontrar muitas "opiniões publicitárias"! De qualquer forma, o mais importante é que os vinhos Portugueses (alavancados, principalmente pelos Vinhos do Douro) começam a ter alguma unanimidade nos melhores (leia-se: mais mediáticos) criticos de vinhos do mundo e isso é óptimo para os produtores em causa e principalmente para todos NÓS Portugueses.
    O facto de algumas das mais lidas revistas de vinhos do mundo andarem cada vez mais a pôr os olhos neste canto da Europa com "castas esquisitas" (temos já alguns correspondentes responsáveis pelos Vinhos de Portugal...e não pelos vinhos da peninsula ibérica) é a prova disso. Tenho esperanças que a saturação de vinhos identicos que os paises de grande consumo têm, resulte na procura de vinhos diferentes e é aí que a qualidade dos nossos vinhos poderá marcar a diferença. Resta-nos aguardar e ir apreciando este crescimento de qualidade dos nossos vinhos de ano para ano...

    Forte Abraço!

    Carlos Faria

    ResponderEliminar
  2. Caro Paulo

    Como e que temos acesso a lista completa ?
    Sei que estes não foram os únicos a serem provados.

    Um abraço

    José

    ResponderEliminar
  3. A lista completa só está disponível para quem é subscritor do site.
    Eu tive acesso a ela através de um subscritor que me cedeu o ficheiro em Excel.
    Se quiser posso-lho enviar por e-mail, preciso apenas que me diga qual o seu endereço.

    No artigo que escrevi apenas coloquei vinhos com pontuação acima de 89 pontos, ou seja, de 90 para cima.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  4. Caro Paulo

    Tinha todo o interesse em que me passase esta ficha.
    Um amigo meu e produtor e eu tomei a liberdade de sem ele saber ( espero ) mandar o vinho !!Felizmente que ainda não se adoptou as novas tecnolgias.
    Quero imaginar quando vir a pontuação.
    Pronto , bem sei que não ficou nos primeiros , mas ser pontuado "por baixo" e sempre ponto de partida para melhorar suponho.

    Mande por favro então para
    valongoslate@mail.telepac.pt
    Muito obrigado

    José

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.